Diogo Martins Antigo aluno da ESAD.CR do Curso de Artes Plásticas expõe trabalho na Ermida Nossa Senhora da Conceição/Lisboa

Ermida Nossa Senhora da Conceição

Inauguração: 30 de Agosto – 18h
Até 6 de Setembro 2016

Diogo Almeida Martins desenvolve o seu trabalho sob várias premissas, tais como a do duplo, do eu, de simulacro de realidades, do palco, da profundidade. No corpo de trabalho do artista verificamos a utilização de vários media presentes nas artes plásticas, tais como a fotografia, a escultura e a pintura. No entanto transversal a este, está presente uma ausência constante dada através das marcas deixadas pelo passado, ou de elementos que outrora ocuparam o espaço que se deixa mostrar. 

Nas suas peças a presença autoral existe através da sobreposição de duas realidades, a realidade do artista e uma realidade externa, prevalecendo apenas o que surge desta união. 

Na criação da obra final, Diogo Almeida Martins acrescenta à sua imagem uma identidade imaginária, que é no entanto uma proposta subjetiva ao observador. A interpretação das peças não é totalmente directa, uma vez que o ato de ver adiciona e constrói novas leituras.

Numa antiga Ermida, o artista propõe dar um último folgo à identidade que ao longo do tempo foi-lhe retirada. Recriando e aludindo espaços que outrora estiveram ocupados, por objectos sagrados ou por simples bancos, induzindo que na realidade tudo era como está a ser mostrado. Todo o espaço regressa ao passado, representado pelo vazio e silhuetas.
4017

Biografia 


Vive e trabalha em Portugal – Lisboa. Licenciado em Artes Plásticas, na Escola Superior de Artes e Design, nas Caldas da Rainha, onde concluiu também o Mestrado em Artes Plásticas no ano 2014. Em 1991 foi viver para a Bélgica, regressando a Portugal em 1998, onde desde então vive. Já em Portugal, o artista tem vindo a realizar várias exposições nos últimos anos, podendo ser destacadas Meia Pensão, no âmbito do Ciclo de Exposições no Hotel Madrid, Caldas da Rainha (2014), a exposição Mini Hotel, um projecto intitulado Passa a Cabine, organizado pela Fundação PT / IP Leiria, Caldas da Rainha (2013), e a Em desenho, no Museu José Malhoa, Caldas da Rainha (2012).

Info retirada em: http://www.travessadaermida.com/index.php?q=C%2FNEWSSHOW%2F4019

EXPOSIÇÃO ARTE E PERFORMANCE – 25, 26 e 27 – 18h00/23h00 – Atelier 6 – Integrado no Caldas Late Night 20

EXPOSIÇÃO ARTE E PERFORMANCE

Integrado no Caldas Late Night 20, a exposição contempla a apresentação de trabalhos realizados na disciplina de opção “Arte e Performance” do curso de Artes Plásticas, (ESAD CR).
A exposição integra performance, objectos que resultam de performance, objectos que fazem parte de performance, objectos entendidos enquanto performance, e outros indícios.
————————————————————————————–
Alexandra Rebelo | Ana Marcelino | Bárbara Silva | Carolina Costa | Catarina Inês | Celso Rosa | Criatiana Abranches | Daniela Viana | Diana de Brito | Mafalda Alves | Maria Correia | Maria Jerónimo | Maria José | Nuno Silas | Tiago Orfeu PERFORMANCES DIA 25 – 19h30 – Catarina Inês DIA 25 – 22h30 – Daniela Viana DIA 26 – 19h30 – Celso Rosa DIA 26 – 22h30 – Tiago Orfeu DIA 27 – 22h – Nuno Silas

13256499_995948390482676_5637676814028390609_n

Inscrições Workshop Desenho como Experiência do Lugar

Inscrições abertas para o Workshop Desenho como Experiência do Lugar – Autoetnografia em Livros de Artista com Filipa Pontes

27, 28 e 29 de abril

ESAD.CR

hojeee

 

Oficina de Serigrafia – ESAD.CR

Video institucional realizado no âmbito da disciplina de Captação de Som para Imagem de 1º ano.

Som e Imagem 14/15

ESAD.CR

Antigos alunos e alunos da ESAD.CR distinguidos com prémio atribuído pelo concurso Arte Jovem VIII

Antigos alunos e alunos da ESAD.CR distinguidos com prémio atribuído pelo concurso Arte Jovem VIII

A edição do Prémio Arte Jovem VIII atribuiu o Grande Prémio a Andreia Santana com a obra “Estudo para Ferramentas de Triagem”, constituída por 6 desenhos de areia vulcânica sobre papel, datada de 2015.

Decidiu também atribuir 2 menções honrosas a João Gabriel Pereira (aluno) e Rafael Faria (antigo aluno), pelo conjunto das obras apresentadas.

A exposição estará patente até dia 9 de Abril, na Galeria Paços em Torres Vedras.

 

 

Antiga aluna vence na categoria de Artes Plásticas do Concurso Nacional Jovens Criadores 2014

Antiga aluna de Mestrado de Artes Plásticas da ESAD.CR Andreia Santana , na sequência do Concurso Nacional Jovens Criadores 2014, vencedora da categoria de Artes Plásticas, foi a representante portuguesa da mesma categoria na VII Bienal das CPLP, que decorreu em Maputo e Mátola, Moçambique em Julho de 2015 com a peça areias movediças.
+Info
https://www.facebook.com/pages/VII-Bienal-De-Jovens-Criadores-Da-CPLP-Mo%C3%A7ambique-2015/750320705065522?fref=ts

Exposição de Livros de Artistas, Sessões de Animação e Curtas

Exposição de Livros de Artistas, Sessões de Animação e Curtas de alunos e antigos alunos da ESAD.CR decorreu entre dia 1 de outubro e 1 de novembro, no Centro de Arte das Caldas da Rainha

O Cinema de Animação entrou na ESAD.CR e consolidou-se rapidamente.
Foi a primeira escola superior a ter um curso com animação. Primeiro no curso de Artes Plásticas agora também no curso de Som e Imagem. Ao longo destes anos mantivemos uma abordagem experimentalista e dramatúrgica explorando as técnicas analógicas e digitais de forma irreverente e inovadora.
Criamos constantes diálogos entre artes e propomos convergências artísticas entre alunos de diferentes áreas. As sinergias com as tecnologias interactivas e generativas também não são esquecidas em diálogos que ultrapassam, muitas vezes, o espaço da tela de cinema para interagirem com: corpos, esculturas, tules, abóbadas, calotes…
As estratégias pedagógicas desta disciplina utilizam anualmente formas e exercícios que ultrapassam o convencional das escolas de animação, entrando num universo específico, característico da dinâmica de ensino da ESAD.CR.
Fruto dessa “diferença” temos sido convidados a colaborar com inúmeras instituições de prestigio internacional na realização de obras conjuntas, como a Orquestra da Fundação Gulbenkian, O Museu de Etnologia, a Comissão Europeia de Luta contra a Sida, O Planetário de Espinho, O Museu do Oriente, a Usina de las Artes em Buenos Aires, a Galeria DADA em Viena de Áustria, entre outras.
Dos muitos trabalhos realizados escolhemos filmes e exercícios que permitem um olhar abrangente de temáticas, estéticas, ritmos e estratégias pedagógicas que marcam a presença da arte de compor movimentos ilusórios (animação) na ESAD.CR, arte que trouxe à escola inúmeros prémios nacionais e internacionais
e um reconhecimento mundial das metodologias e estratégias pedagógicas utilizadas.
Fernando Galrito | Professor de Cinema de Animação da ESAD.CR.
Sr. Raposo | Andreia Pascoa, João Cabaço, Daniel Silva
Liberdade | Rui Rangel
Geometrias – Exercício | António Araújo
100 | Traub Viktoria – Hungria
Mapping All Pacino | Bruno Guerreiro, Romeu Cristovão, Victor Santana
Areia animada – Exercício | Colectivo
Corte na Costura | Ana Nobre
Pé Encarnado | Marisa Cardoso
Os três porquinhos – Exercício | Dion Ramos
Amor Perseverante | Nuno Vicente
Nheque | Sara Flôr
O Corvo e a Raposa – ExercÍcio | Raquel Capitão
Sr. Nuit | Maria João Clemente
Gala’messa | Carlos Filipe
Graínha | Duarte Dias e Catarina Almeida
Depressure | Davide Mourato
Smolik | Cristiano Mourato
O Corvo e a Raposa – Exercício | Joana Vidal
Mariazinha | André Paulo, André Pereira, Andreia Castro, Diogo Santos
Capuchinho Vermelho – Exercício | Claudia Batista
Perdi-te | Ana Santos
Tinta animada – Exercício | Colectivo
Vlatava | Magdalena Maglicic, Aude Fauconnier

Exposição “OBRA GRÁFICA”

Entre 15 julho e 15 de setembro decorreu no Espaço Concas do Centro de Artes a Exposição Coletiva dos alunos do 3º ano do curso de Artes Plásticas da ESAD.CR, no âmbito da Unidade Curricular de “Projeto em Gravura”.

11698980_835345473209636_3962880708733787700_o

 

 

ESAD.CR integra exposição na Bienal de Cerveira

A Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha, do Instituto Politécnico de Leiria (ESAD.CR/IPLeiria), integrou uma das diversas exposições da XVIII Bienal de Cerveira, que inaugurou a 18 de julho, sob o mote “Olhar o passado para construir o futuro”. A exposição integrou trabalhos de 14 estudantes finalistas da licenciatura e do mestrado em Artes Plásticas da ESAD.CR.

A seleção de trabalhos que esteve presente na Bienal de Cerveira consistiu num conjunto muito diverso de obras realizadas em vários meios – vídeo, desenho, pintura, instalação – e pretendeu demonstrar a variedade de abordagens praticadas nos cursos de Artes Plásticas, na ESAD.CR, que correspondem a trajetos autorais singulares, e fora de qualquer constrangimento ou convenção específica a cada meio. Cada uma destas obras e universos tenta cumprir com o desafio cada vez mais exigente de colocar imagens que criem sentidos e experiências visuais interpeladoras, num mundo excessivamente carregado de imagens e saturado de informação.

Samuel Rama, docente e subdiretor da ESAD.CR, integra a Assembleia do Concelho Científico da Fundação Bienal de Cerveira, em representação da direção da Escola,  tendo feito ainda parte da mesa redonda sobre “o ensino tradicional versus o ensino contemporâneo das artes”, que teve lugar no dia 19 de julho.

A exposição da ESAD.CR na Bienal de Cerveira integra 14 estudantes finalistas da Licenciatura e do Mestrado em Artes Plásticas: Carolina Parrinha, Filipa Rei, Horácio Borralho, Inês Leal, Lucas Moreira, Miguel Ângelo Marques, Miguel Dixo, Mónica Coelho, Rui Carreira, Sérgio Martins, Susana Quevedo, Telmo Silva, Tomás João e Victor Freitas.

Esta foi a terceira vez que o curso em Artes Plásticas foi convidado a representar-se na Bienal de Cerveira, sendo esta a primeira vez que o fez com uma tão extensa exposição.

A 18.ª edição da Bienal de Cerveira decorreu entre 18 de julho e 19 de setembro, e pretendeu ser um local de encontro, debate e investigação da Arte Contemporânea.

EXPOSIÇÃO FLASHBACK NO CARPE DIEM – ARTE & PESQUISA- 6 FEVEREIRO, 15H- Comemorações dos 25 Anos da ESAD.CR

A exposição FLASHBACK está integrada nas comemorações dos 25 Anos da ESAD.cr e mostra trabalhos criados no âmbito das várias unidades curriculares de fotografia do curso em Artes Plásticas. Pretende-se tornar visível a diversidade de abordagens e práticas permitidas pelo médium fotográfico e ao mesmo tempo sublinhar a transversalidade da fotografia na prática artística contemporânea e o entendimento da mesma pelos professores deste curso. Todas as fotografias nesta exposição integram séries e corpos de trabalho desenvolvidos ao longo de um ou mais semestres e resultam de uma investigação individual sustentada e debatida entre os alunos, professores e colegas de turma.

Pedro Letria
Emanuel Brás

 

CONVITEWEB_FINAL

Museu José Malhoa nas Caldas da Rainha- Exposição Flashback, fotografia na ESAD.CR

Esta exposição está integrada nas comemorações dos 25 anos da ESAD.CR e apresenta trabalhos criados no âmbito de várias unidades curriculares de fotografia do curso de artes plásticas. Estes trabalhos foram resultado de um ou mais semestres de investigação individual sustentada e debatida entre alunos, professores e colegas de turma.

 

10308182_808679985876185_5798572155338064644_n11263152_808679992542851_1177720579060556045_n

 Aluna de Mestrado de Artes Plásticas Mariana Sampaio selecionada para o Concurso Jovem Criação Europeia e para a exposição “Portas Abertas” da Fundação Eugénio de Almeida

A aluna de Mestrado em Artes Plásticas Mariana Sampaio foi este ano selecionada para o Concurso Jovem Criação Europeia e para a Exposição Portas Abertas Fundação Eugénio de Almeida.

Shasow's Mingle

O concurso “Jovem Criação Europeia” leva, durante dois anos, seis jovens portugueses a mostrarem as suas obras em dez países da Europa. Sendo um concurso bienal de arte contemporânea, a sua finalidade é descobrir novos talentos e promover o diálogo europeu através da cultura. A inauguração da exposição vai realizar-se em França, a 16 de Outubro e continuará pela Europa, até Agosto de 2015. Passará pela Lituânia, Hungria, Itália, Alemanha, Holanda, Espanha e, por fim, Portugal, no museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso, na cidade de Amarante.

 

“Portas Abertas” resulta de um convite a criadores de todo o mundo para apresentarem uma obra que traduzisse a sua visão sobre a dicotomia entre o contexto histórico específico que envolve o espaço onde é apresentado e o mundo atual, como sinal de que a arte pode abrir portas ao diálogo, base para a construção de uma sociedade mais justa, tolerante e inclusiva.

 Estudante do Curso de Mestrado de Artes Plásticas distinguido na Palestina e Argentina

CUBIC#41026001# é o nome da uma imponente escultura de Thierry Ferreira, estudante do 1º ano do mestrado em Artes Plásticas, patente no espaço público da cidade de Rawabi, na Palestina. O estudante construiu uma estrutura metálica com quatro metros de altura, quatro metros de largura e seis metros de profundidade, inspirada no exemplo de cosmopolitismo e modernidade de Rawabi, a primeira cidade palestiniana construída totalmente de raiz.

 Thierry - cubic

“Semillas Cubicas” é o trabalho do aluno que conquistou o primeiro prémio na Bienal de Escultura del Chaco 2014, na Argentina. A escultura, em aço inoxidável, recebeu o prémio “Banco da Nação Argentina” pelas mãos do governador Juan Carlos Ivanoff. A sua obra esteve exposta no espaço público na cidade, que já conta com um espólio de 600 esculturas num verdadeiro “museu ao ar livre”.

Exposição NA GAVETA DAS OFICINAS DE SERIGRAFIA E GRAVURA, Galeria OGIVA||Exhibition NA GAVETA DAS OFICINAS DE SERIGRAFIA E GRAVURA, OGIVA Gallery.

A exposição NA GAVETA DAS OFICINAS DE SERIGRAFIA E GRAVURA, surgiu com o intuito de mostrar os trabalhos arquivados no Arquivo das Oficinas de Serigrafia e Gravura da ESAD.CR. Estes trabalhos foram desenvolvidos entre 2008 e 2011, em disciplinas lecionadas nos cursos de Artes Plásticas, Design Gráfico e Multimédia e no Curso de Especialização Tecnológica em Ilustração Gráfica (CETS). Todos estes trabalhos foram “retirados das gavetas” do Arquivo das Oficinas de Serigrafia e Gravura.

The exhibition NA GAVETA DAS OFICINAS DE SERIGRAFIA E GRAVURA, came up with the aim to show the work archived in the ESAD.CR workshops of screen printing and engraving. These works were developed between 2008 and 2011, in subjects of the Fine Arts courses, Graphic and Multimedia Design and Technological Specialization in Graphic Illustration (CETS). All these works were “removed from the drawers” of the Screen Printing and Engraving Workshop Archive.

Estas gavetas compõem um Arquivo comum a todas as unidades curriculares no âmbito das Artes Plásticas e do Design, que começou por ser organizado pela professora Célia Bragança, e depois pela técnica superior Vera Gonçalves.

These drawers compose a common archive to all units courses of Fine Arts and Design. It began to be organized by the professor Celia Bragança, and later by the technical Vera Gonçalves.

Cada trabalho é como um “bilhete de identidade” de cada aluno que desenvolve trabalho neste espaço oficinal. É escolhida a prova que mais se identifica com este.

Each work becomes as an “identity card” for each student who develop work in this space. It is chosen the work that most identifies with the student.

Esta exposição não só identifica a passagem do aluno como também oferece um panorama das diversas possibilidades criativas das técnicas de impressão manual, aplicadas nos trabalhos desenvolvidos em cada unidade curricular. Nela são apresentados trabalhos que usam as técnicas de Xilogravura, Linóleogravura, Gravura em Ponta Seca, Água-forte, Água-tinta, Verniz Mole, Colagraf, Fotogravura e Serigrafia em papel, tecido e espelho.

This exhibition not only identifies the passage of the student but also provides an overview of the various creative possibilities of manual printing techniques, applied on work annually in each course. Here are presented works that use the techniques of Woodcuts, Linocuts, Dry Point Engraving, Etching, Aquatint, Varnish Mole Colagraf, and Photogravure Printing on Paper, Fabric and Glass.

Estas técnicas exploram universos visuais onde a sobreposição da cor, a textura, densidade, contraste e a ausência da cor são trabalhadas de forma a explorar a aleatoriedade e o inesperado no surgimento de imagens, em simultâneo com gestos de grande precisão e rigor técnico.

These techniques exploit visual worlds where the overlap of color, texture, density, contrast and absence of color are worked to exploit the randomness and the unexpected appearance of the images, along with gestures of great precision and technical accuracy.

Exposição de Gravura de Alunos de Licenciaturas e Mestrados de Artes Plásticas||Engraving Exhibition of Fine Arts Undergraduate and Master Students.


“There Are Many Ways to Make a Cake” – esta exposição reuniu obras de alunos com diferentes níveis de experiência nas áreas da impressão, tais como: alguns na iniciação, apenas com um semestre a frequentar a disciplina de Printmaking; outros com formação mais avançada, durante dois ou três semestres; e mais três alunos convidados do mestrado em Artes Plásticas.

“There are Many Ways to Make a Cake” – this exhibition brought together works of students with different levels of expertise in engraving, such as: some in the initiation, with only a semester to attend in the subject of Printmaking, others with more advanced training for two or three semesters; and were invited more three Fine Arts Master Students.


A responsável pela exposição foi a Professora Ana Romana.
The responsible for the exhibition was the Teacher Ana Romana.


[Mais fotografias da exposição “There Are Many Ways to Make a Cake” / More photos about the exhibition “There Are Many Ways to Make a Cake”]


[Mais fotografias da exposição “There Are Many Ways to Make a Cake” / More photos about the exhibition “There Are Many Ways to Make a Cake”]


[Mais fotografias da exposição “There Are Many Ways to Make a Cake” / More photos about the exhibition “There Are Many Ways to Make a Cake”]


[Mais fotografias da exposição “There Are Many Ways to Make a Cake” / More photos about the exhibition “There Are Many Ways to Make a Cake”]

90-10 – 20 ANOS – ARTES PLÁSTICAS ESAD.CR no Foyer do CCC||90-10 – 20 YEARS – ESAD.CR FINE ARTS in the Foyer of the CCC.

De 1 a 19 Junho 2011, esteve patente no Foyer do CCC a exposição 90-10 – 20 ANOS – ARTES PLÁSTICAS ESAD.CR.
June 1 to 19 of 2011, it was shown at the Foyer of the CCC an exhibition of the 20 YEARS – ESAD.CR FINE ARTS.


Esta exposição possibilitou olhar para uma retrospetiva do Curso de Artes Plásticas nos passados 20 anos na ESAD.CR.
This exhibition made possible a retrospective look at the Course of Fine Arts of the 20 years in ESAD.CR.

No dia 16 de Junho, o foyer do CCC acolheu a vernissage da exposição. Estiveram presentes alunos, ex-alunos, docentes, direção da ESAD.CR e anónimos apreciadores de arte.

On June 16 the foyer of the CCC welcomed the vernissage of the exhibition. There were present students, alumni, teachers, ESAD.CR direction and anonymous art lovers.

Shanti Divi Divic- “Aveiro Jovem Criador 2010” Shanti Divi Divic- “Young Creative Aveiro 2010”

 

A Shanti Divi Divic, aluna do 3º ano de Artes Plásticas da ESAD.CR, está de parabéns, pois foi seleccionada para a categoria de Escultura no concurso Aveiro Jovem Criador 2010!

A aluna deixa uma descrição do seu objecto: “a peça escultórica suspensa e em rotação é um sólido geométrico que, como um cubo, tem a mesma largura, altura e profundidade – um octaedro irregular constituído por oito faces que são triângulos simultaneamente rectângulos e isósceles”.

Materiais e título: Ripas de pinho e MDF pintado suspensos por fio de nylon e motor rotativo.
Dimensões: 80 × 80 × 80 cm
Ano: 2010

/Congratulations to Shanti Divi Divic, student of 3º year of Plastic Arts of the ESAD.CR, for she has been selected for the category of Sculpture in the competition Young Creative Aveiro 2010!

The student leaves a description of her object: “the suspended and rotating sculpture is a geometric solid that, as a cube, have the same width, height and depth – one octahedron irregular constituted by eight faces that are triangles and simultaneously isosceles rectangles”.

Materials and title: Slats of pine and painted MDF suspended by nylon and rotary engine.
Dimensions: 80 × 80 × 80 cm.
Year: 2010

Desconstrução de um Puzzle. / Deconstruction of a Puzzle.

A aluna Ana Terêncio do 2 ano de Artes Plásticas, a desenvolver um trabalho baseado na desconstrução de um puzzle.
/The student Ana Terêncio of the second years of Fine Arts, developing a work based on the deconstruction of a puzzle.

/Conceito do trabalho:
O conceito partiu da ideia da construção de um puzzle. A Ana começou a fazer umas formas feitas em resina e espuma de poliuretano, de onde surgiram moldes em silicone que por sua vez deram forma às peças finais em resina. As cores são provenientes de tinta de esmalte e acrílica.

Concept of the work:
The concept came from the idea of building a puzzle. Ana began to make some shapes made of resin and polyurethane foam, from which emerged silicone molds which in turn shaped the final pieces in resin. Colors are from enamel and acrylic.


Ao contrário da ideia inicial, no final o projecto passou a ser a desconstrução do puzzle.
Unlike the original idea, at the end of the project became the deconstruction of the puzzle.

[Mais imagens do projecto da Ana. More images about Ana’s project.]

Alunos do Mestrado de Artes Plásticas em Atelier. / Students of the Plastic Arts’ Master in Workshop.

Pedro Oliveira e a Cristiana Fernandes, ambos alunos do 2º ano do Mestrado de Artes Plásticas da ESAD.CR, foram captados em acção, no “fazer” de trabalhos para Projecto IV, (acompanhados pelos docentes Catarina da Câmara Pereira, António Delgado, Fernando Brito).

Pedro Oliveira and Cristiana Fernandes, both students of 2nd year of the Plastic Arts’ Master of the ESAD.CR, were caught in action, in the “making”  of works for Project IV, (accompanied by teachers Catarina da Câmara Pereira, António Delgado, Fernando Brito).

O trabalho de Cristiana Fernandes.
Cristiana Fernandes‘s work.

O trabalho de Pedro Oliveira. 
Pedro Oliveira‘s work.


O trabalho de Cristiana Fernandes.
Cristiana Fernandes‘s work.

O trabalho de Cristiana Fernandes.
Cristiana Fernandes‘s work.

Luís Paixão obteve o 2º e 3º lugar!/ Luís Paixão obtained the 2nd and 3rd place!

O aluno Luís Paixão do 3º ano de Artes Plásticas foi distinguido com o 2º e 3º lugar do Concurso de Fotografia “Profissões que morrem”.

/ Luís Paixão, 3rd year student of Fine Arts, was awarded with the 2nd and 3rd place in the Photo Contest “Professions that die”. 

[Luís Paixão – aluno do 3º ano de Artes Plásticas da ESAD.CR. / Luís Paixão – student of the 3rd year of the ESAD.CR Fine Arts course.]

[À esquerda: fotografia selecionada para o 3º prémio; à direita: fotografia selecionada com o 2º prémio. / At left: selected photography for the 3rd prize; at right; selected photography for the 2nd prize.]

Nos tempos que correm” no âmbito da abertura e dinamização do novo espaço “Sons, Tons & Sabores”, integrado no C.C.C. de Caldas da Rainha.

/These days” in the opening and promotion of the new space,” Sounds, Tones & Flavors “, integrated in the C.C.C of Caldas da Rainha.

Mais informação:
http://www.sonstonsesabores.com/concurso.html
http://www.sonstonsesabores.com/vencedores.html

More information:
http://www.sonstonsesabores.com/concurso.html
http://www.sonstonsesabores.com/vencedores.html

“Sala 5″ Vídeo. /”Sala 5” Vídeo.

Vídeo da Exposição “Sala 5” realizado por Sérgio Dantas.

/ Video of the exhibition “Sala 5” directed by Sergio Dantas.

Eduardo Malé em apresentações de Mestrado – Artes Plásticas. / Eduardo Malé Masters Presentations – Fine Arts.

Trabalho de apresentação periódica de Projecto, leccionado por Paulo Quintas, Pedro Campos Rosado e José Carlos Teixeira.

/Work presentations of periodic project, taught by Paulo Quintas, Pedro Campos Rosado and José Carlos Teixeira.

O aluno utiliza sempre material orgânico para ir ao encontro da estética do efémero. Neste trabalho utilizou fibras de eucalipto, por existir abundantemente em Portugal, é um material moldável e fácil de construir.
Eduardo Malé always uses organic materials to meet the aesthetic of the ephemeral.
For this study the student uses eucalyptus fibers, because there is plenty in Portugal, is a moldable material and easy to build.