ESAD.CR: 2016 LEIRIA IN: Workshops, Fotografia, Teatro e Serigrafia,

O Politécnico de Leiria (IPLeiria) dá-te a conhecer a vanguarda da tecnologia e o distrito de Leiria na nova edição do Leiria-In. Está garantida uma semana inesquecível, ligada à robótica e ao mundo da industria, repleta de atividades como workshops, visitas a empresas, piscina, praia, caminhadas emuita animação.

Em 2016, esta semana temática realiza-se entre os dias 11 e 16 de julho e é organizada pelo IPLeiriae pela revista Fórum Estudante, em parceria com a Câmara Municipal de Leiria, a Câmara Municipal da Marinha Grande, a NERLEI, a ADAE e a CEFAMOL.

Participaram 50 alunos de todo o país, que frequentem o ensino secundário ou profissional.13735613_1025769057500609_417077140016348310_o

6ª Edição do Festival Ofélia

Foi entre os dias 5 e 8 de abril que decorreu mais uma edição do Festival Ofélia na Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha.

Este ano o Festival contou com a presença da Real Escuela Superior de Arte Dramático de Madrid, da Escola Profissional de Teatro de Cascais, da Escola Superior de Música Artes de Espetáculo, da Escola Superior de Educação de Coimbra, da Universidade de Évora, da Escola Superior d’Art Dramàtic de les Illes Balears e da Universidade de Trás-Os-Montes e Alto Douro. Todas  as escolas presenciaram a Escola Superior de Artes e Design com encenações realizadas pelos estudantes das mesmas.

Para além da vertente de Teatro, também se realizaram Conferências e diferentes Workshops.

A 6ªEdição do Ofélia começou com a Conferência “Antigos Alunos” onde se contou com a presença de Mariana Sá Marques; Isabelle Coelho; Roger Madureira; Cláudio Teixeira e Raimundo Cosme, antigos alunos do curso de Teatro.Na segunda parte do primeiro dia, deu-se início às apresentações performativas dos alunos participantes. As peças a estrear os palcos do Ofélia foram “Desta para Outra”; “Hanger” e “Auto da Barca do Inferno”.

No segundo dia, aconteceu a Conferência “Manobras do Sublime” com a participação de Pedro Penim e José Maria Vieira Mendes do Teatro Praga. Da parte da tarde, Eugénio Roque, durante quatro horas, deliciou os 26 participantes no seu workshop “Esgrima em Cena.” As peças do dia 6 de abril intitularam-se de “As Criadas + Transtorno”; “Agámemnon- vim do supermercado e dei porrada ao meu filho”; “Reflexão sobre Édipo” e “Contra a Parede 5X por semana”.

No penúltimo dia, sem Conferências e Workshop’s o dia ofeliano começou às 19.30h com a peça “Futuro” e de seguida “Café” e “Ejucución”. A noite acabou no Centro Cultural de Congressos com a encenação “Troianes”.

O Ofélia recebeu no último dia Catarina Câmara que trouxe o workshop “Improvisação no trabalho do ator: da imaginação à pele”. Nas últimas horas do Festival foram apresentadas as encenações “Promessa de Amor”; “De Volta à Ilha dos Sonhos”; “Sentindo-se Pessoa” e “Otarata”.

Foram dias cheios de emoção, por parte da equipa da organização, mas também por parte dos participantes. As salas, em todas as peças, esgotaram a sua lotação de lugares. O público aderiu por inteiro e a felicidade de todos não podia ser mais notória. Ao fim dos quatro dias de festival, mais de 1500 pessoas tinham conhecimento do Festival Ofélia.

O legado da organização deste ano já foi transmitido para os novos alunos que vão ter nas mãos a 7ªEdição do Festival Ofélia. Ao longo dos anos o Ofélia tem ganho mais relevância e os dias e as horas para a próxima edição já se contam.

 

 

Quatro Entremezes De Cervantes – Exercício de 2º ano de Teatro

Nos dias 18,19 e 20 de junho decorreu na sala 16 um exercício do 2º ano do curso de teatro em que os cenários e cartaz foram feitos pelos alunos do 3º ano do curso de Design de Ambientes . O exercício foi composto por 4 peças.

O RÚFIA VIÚVO CHAMADO TRAMPAGOS

Trampago,* um proxeneta, lamenta a morte da sua prostituta favorita. Dois outros proxenetas aparecem para lhe tentar vender uma nova rapariga. A ação termina subitamente com o aparecimento de rei dos criminosos, Escarramão.*** Trampagos quer dizer aldrabão.** Escarramão era um figura conhecida na cultura popular da época, sobre o qual se escreveram versos e canções.

ELENCO – Personagem: Ator

Trampagos: Miguel Ferreira

Chiquiznaque: Diogo Agostinho

Vademecum: Ivo Marçal

Juan Claros: Gabriel Lapas

Repulida: Belisa Sequeira

Mostrenca: Ana Monteiro

Pizpita: Salomé Marques

Escarramão: Rodrigo Vicente

A COVA DE SALAMANCA

Aproveitando a ausência do marido, Leonarda e sua criada, Cristina, recebem os seus amantes em casa. O regresso inesperado do marido obriga mulheres e amantes a um disfarce singular.

ELENCO – Personagem: Ator

Pancrácio: João Esteves

Leonarda: Vanessa Caçador

Cristina: Carolina Faria

Estudante: Diogo Agostinho

Sacristão: Nuno Violante

Barbeiro: Pedro Ferreiro

Leónisa: Cíntia Surgy

O RETÁBULO DAS MARAVILHAS

Um grupo de atores visita uma vilória. De modo a conseguirem extorquir a ‘gente bem’ da vila, propõem-se apresentar uma peça de teatro, O Retábulo das Maravilhas, no qual são representados extraordinários episódios bíblicos e mitológicos. Como na verdade não existe nenhum retábulo, dizem que este é invisível a quem seja bastardo ou tenha sangue de judeu. Durante a representação os habitantes da vila fingem estar a ver os episódios bíblicos e mitológicos.

ELENCO – Personagem: Ator

Chirinos: Ana Ferreira

Chanfalla: Alice Ferreira

Rabelin: Mariana Constantino

Governador: Gabriel Lapas

Benito Repollo: Ivo Marçal

Pedro Capacho: Francisco Rodrigues

Teresa Repolla: Daniela Magalhães

Catarina Castrada: Catarina Barros

Juana Castrada: Cíntia Surgy

Sobrinho: Miguel Ferreira

Furriel: Rodrigo Vicente

O JUÍZO DOS DIVÓRCIOS

Quatro casais apresentam as razões para se quererem divorciar dos seus cônjuges: mau hálito, falto de dinheiro, alcoolismo, infidelidades, etc — o espaço é um tribunal.

ELENCO – Personagem: Ator

Juíz: Caroline Zeiler

Procurador: Mariana Justino

Escrivão: Mélanie Marques

Velhote: João Esteves

Mariana: Lisandra Caires

Cirurgião: Pedro Ferreira

Alonza: Cleidiane Mendes

Soldado: Nuno Violante

Guiomar: Filipa Sequeira

Vagabundo: Francisco Rodrigues

Acordeão: José Bonifácio

Encenação: Guilherme Mendonça

Desenho de Luz e Apoio Técnico: Daniel Coimbra

Tradução: Professor Guilherme Mendonça e os alunos do segundo ano

Cenografia: 3º ano de Design de Ambientes

Cartaz: 3º ano de Design de Ambientes

 

5º Edição do “Festival Ofélia”

De 24 a 27 de março, decorreu a 5º edição do “Festival Ofélia”. Nesta edição contámos com a participação do grupo “Dentada Macaca” e das escolas superiores que têm o curso de Teatro em Portugal nomeadamente: Universidade do Minho; Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo; Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro; Universidade de Évora; Escola Superior de Teatro e contamos ainda com escolas com cursos de teatro internacionais com: a ESAD de Córdoba, RESAD de Madrid e Latvian Academy of Culture de Riga. O Ofélia teve performances de todas estas escolas superiores e também com concertos, convívios, uma conferência, uma conversa, encontros, um picnic e workshops.

 

 

4ª Edição do Festival Ofélia – o mais procurado festival de teatro do ensino superior artístico – 5ª Edição já com data marcada 24 a 27 de março 2015.

A quarta edição do Festival Ofélia decorreu entre os dias 14 e 16 de abril. Foram mais de catorze espetáculos teatrais, workshops, que contaram com a participação de cinco escolas superiores de teatro nacionais e uma internacional: a Universidade de Évora, a Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa (ESTC), a Universidade do Minho e a Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo do Porto (ESMAE). Esta ano visitou-nos também a ESAD de Córdoba, Espanha.

14_04_Desalinhados_esad (15) 14_04_três (3)

Ao longo do festival, mais de 100 estudantes das artes performativas puderam conviver num ambiente de partilha de conhecimentos e troca de experiências. A 4ª edição teve uma característica distinta: para além das várias performances, existiu também uma vertente formativa e multidisciplinar com uma palestra subordinada ao tema “O teatro no séc. XXI e o desafio aos novos alunos de teatro” a acompanhar os vários workshops.

13_04_OFELIA_Amor_Tempo_Morte (55) 13_04_Ofélia_Pecados Capitales_resad_esp (14) 13_04_OFELIA_PutYourselfTogetherWoman (25) 13_04_OFELIA_TIII (33) 13_04_zapping_utad (9)

O Festival teve o apoio da Câmara Municipal de Caldas da Rainha, do Centro da Juventude e do Serviço de Ação Social do IPLeiria. Todos os espectáculos tiveram uma elevada afluência de público, tendo na maioria dos caso atingido a lotação das salas, com um público da cidade e dos estudantes, num ambiente de festa e de cumplicidade.

III FESTIVAL DE TEATRO E ARTES PERFORMATIVAS|| III THEATRE AND PERFORMING ARTS FESTIVAL

III FESTIVAL DE TEATRO E ARTES PERFORMATIVAS – OFÉLIA – Abril

III THEATRE AND PERFORMING ARTS FESTIVAL – OPHELIA – April

Após o sucesso da edição anterior do FESTIVAL DE TEATRO E ARTES PERFORMATIVAS – OFÉLIA, os alunos do 2º ano do curso de teatro da ESADS.CR apresentou uma proposta de programação para a 3ª edição do festival que decorreu nos dias 2, 3,4 e 5 de Abril de 2013.

After the success of the previous edition of the Festival, students from 2nd year of the Theatre Course proposed a schedule for a 3rd edition that came to be held on April 2 to 5, 2013.

eventos na esadcr

eventos na esadcr

A III edição do festival teve a particularidade de, pela primeira vez, ter uma escola estrangeira – REAL ESCUELA SUPERIOR DE ARTE DRAMÁTICO (RESAD) originária de Madrid. Estiveram presentes 30 alunos desta escola.

This 3rd edition had the particularity, for the first time, of having the participation of a foreign school – REAL ESCUELA SUPERIOR DE ARTE DRAMÁTICO (RESAD) from Madrid. 30 students from this school attended the festival.

Também participaram do festival 3 escolas nacionais: Universidade de Évora, a Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Three national schools also participated: the University of Évora, the School of Theatre and Cinema in Lisbon and the University of Trás-os-Montes and Alto Douro.

eventos na esadcr

As atuações foram deslumbrantes, o público esteve ao ruge nos 4 dias.

The performances were stunning, the audience was roaring during the four days.

Devemos enaltecer o profissionalismo da equipa organizadora demonstrou. A equipa conseguiu gerir a programação do evento bem como a vinda de 100 pessoas externas à escola, proporcionando alojamento, alimentação e divertimento.

We must congratulate the organizing team. The team managed the event schedule as well as the coming of 100 people outside the school, providing accommodation, food and fun.

eventos na esadcr

eventos na esadcr

Ouvia-se constantemente os alunos espanhóis a dizer “Encantado! Maravilloso “.Os alunos nacionais diziam “queremos mais e no próximo anos cá estaremos batidinhos

Spanish students often said “Delighted! Marvelous.” National students said “we want more and next year we will be here again”

eventos na esadcr

O Festival de Teatro e Artes performativas surge na sequência do interesse manifestado pelos alunos do curso de teatro com o objetivo de celebrar a arte, o teatro, a performance, a voz, o corpo e a criatividade. Esta celebração permitiria realizarem atividades extracurriculares, que lhes proporcionasse um aprofundar dos seus conhecimentos nas diversas áreas artísticas. Desta vontade nasceu a primeira edição do festival Ofélia em 2011.

The Festival appeared as a result of the interest expressed by students of theater, with the aim of celebrating, theater, performance, voice, body and creativity. This event gave
them the possibility to perform extracurricular activities and deepen their knowledge in the various artistic fields. The first edition of the Festival Ophelia was held in 2011.

eventos na esadcr

No primeiro ano participaram unicamente os alunos da ESAD.CR, quanto a afluência de público foram contabilizados cerca de 300 pessoas nos 3 dias do evento. Na segunda edição participaram 5 escolas externas – Universidade de Coimbra; Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo; Universidade de Trás os Montes e Alto Douro; Universidade de Évora e Escola Superior de Teatro e Cinema. Quanto a afluência de público foram atingidos cerca de 800 pessoas nos 3 dias.

In the first year only students from ESAD.CR attended the festival, as well as 300 visitors. The 2nd edition had the participation of 5 external schools – University of Coimbra, School of Music, Arts and Entertainment, University of Trás-os-Montes and Alto Douro, Évora University and School of Theatre and Film. 800 visitors were present in this 2nd edition. eventos na esadcr

eventos na esadcr

Nesta 3º Edição, nos 4 dias com a presença de 3 escolas presentes nacionais e uma internacional, o festival atingiu as 1 200 pessoas.

eventos na esadcrIn this 3rd edition, during these four days the festival hit the 1.200 visitors.

eventos na esadcr

“O teatro não se repete, apesar de ser sempre o mesmo. Cada representação é como estar diante de um novo personagem.” (Beatriz Segall). No próximo ano queremos novas personagens.

“The theater doesn’t repeat itself, despite always being the same. Each representation is like being on a new character.” (Beatriz Segall). Next year we want new characters.

eventos na esadcreventos na esadcr

2ª Edição de Festival Ofélia|| 2nd Edition of the Ophelia Festival

2ª Edição de Festival Ofélia – Encontro Nacional de Teatro na ESAD.CR – 4 a 6 de Junho de 2012.
2nd Edition of the Ophelia Festival – National Theatre Meeting in ESAD.CR – 4 to 6 June 2012.

O festival foi organizado pelo um grupo de alunos do 2º ano do curso de Teatro da ESAD.CR como objetivo de celebrar a arte, o teatro, a performance, a voz, o corpo e a criatividade.

The festival was organized by a group of students from the 2nd year of the Theatre course of ESAD.CR, with the aim to celebrate art, theater, performance, voice, body and creativity.

A 2.ª edição do Festival Ofélia pretendeu criar uma plataforma de partilha de conhecimentos e experiências na área das artes, nomeadamente no âmbito do teatro e da representação; incentivar a criatividade e criação dos estudantes de artes; proporcionar o intercâmbio entre escolas de teatro nacionais e internacionais.

The 2nd edition of the Ophelia Festival intended to create a platform for sharing knowledge and experiences in the arts, particularly in the context of theater and performance; encourage creativity and creation in arts students, provide the exchange between national and international theater schools.

Este ano o festival teve a participação de 5 escolas externas – Universidade de Coimbra; Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo; Universidade de Trás os Montes e Alto Douro; Universidade de Évora e Escola Superior de Teatro e Cinema.

This year the festival was attended by five external schools – University of Coimbra, School of Music, Arts and Entertainment; University of Trás os Montes and Alto Douro, University of Évora and School of Theatre and Film.

Do programa constou também a apresentação da peça de teatro de Simão Rubim “Mente Monumentalmente – Nós mesmos, Invenções Teatrais” no Centro Cultural de Caldas da Rainha. No fim do espetáculo o ator/encenador conversou com o público presente sobre o espetáculo.

The program also comprised the presentation of Simão Rubin’s play “Mente Monumentalmente – Nós mesmos, Invenções Teatrais” at the Centro Cultural of Caldas da Rainha. At the end of the show the actor / director spoke to the audience about the show.

Foram realizados mais de 8 workshops, com alguns dos melhores profissionais da área:

  • Escrita criativa, com Isabela Junqueira e Pâmela Raíza;
  • Técnica de representação para câmara, com Paulo Ferreira
  • Organização de eventos, com Anabela Monteiro.
  • Expressão corporal, com Victor Roriz e Sofia Dias
  • Movimento e artes performativas, com Luís Antunes.
  • Cenografia, com Filipa Malva;
  • Oficina de marionetas, com Evaldo Barros;
  • Montagem e operação de luz, com Daniel Coimbra
  • Seminário de voz, com Rui Baeta

There were also eight workshops with some of the best professionals from the area:

  • Creative writing, with Isabela Junqueira and Pâmela Raíza;
  • Representation technique for the camera, with Paulo Ferreira
  • Event organization, with Anabela Monteiro.
  • Body expression, with Victor Roriz and Sofia Dias.
  • Movement and performing arts, with Luís Antunes.
  • Scenery, with Filipa Malva.
  • Puppet workshop with Evaldo Barros;
  • Installation and operation of light, with Daniel Coimbra
  • Voice seminar, with Rui Baeta

Os mais de 10 espetáculos localizar-se apresentados nas instalações da ESAD.CR, no Centro Cultural e de Congressos e no Centro de Juventude das Caldas da Rainha.

The more than 10 performances were presented in the facilities of ESAD.CR and also in the Cultural and Congress Centre and the Youth Centre of Caldas da Rainha.

Nestes três dias do festival Ofélia os espectadores puderam vislumbrar-se com apresentações de nível profissional. Estes futuros e promissores profissionais da área do teatro contribuíram para reforçar a ideia de que o ensino de teatro em Portugal está muito bem e que se recomenda.

In these three days of the Ophelia festival the public was able to attend professional-level presentations. These promising future theater professionals contribute to reinforce the idea that the teaching of theater in Portugal is quite developed.

As interpretações foram magníficas dignas da “Alta-cultura”, com a presença de valores autênticos.

The performances were magnificent!

Foram dias proveitosos que marcaram os organizadores, seja pelo nível técnico dos assuntos abordados nos workshops, seja pelas apresentações de trabalhos, seja pela adesão e compromisso demonstrados pelos participantes.

From the technical level of the subjects covered in the workshops, to paper presentations, either through membership and commitment shown by participants, it was a excellent festival.

A 3ª edição do Festival Ofélia está prevista ser realizada 2 a 5 de Abril de 2013.
The third edition of the Ophelia Festival is expected to be held in 2 to 5 April 2013.

Concerto de Natal ESAD.CR – Curso de Teatro 2ºano||Christmas Concert at ESAD.CR – Students from Theatre Course, 2nd year

No dia 17 Dezembro de 2013, pelas 17:30 decorreu a apresentação do Repertório desenvolvido na Disciplina de Oficina de Música III, 1º Semestre do Ano Letivo 2013/2014. Turma do 2º Ano do Curso de Teatro da ESAD.CR.

13_12_teatro_concerto_natalDo evento constou o seguinte programa:
Litany (1991), Lou Harrison (1917-2003)
Beba Coca Cola (1966), Gilberto Mendes (1922*)
Credo (1992/rev.2000), José Eduardo Rocha (1961*)
Borzeguim (c. 1987), António Carlos Jobim (1927-1994)

13_12_teatro_concerto_natal_1Elenco:
Ana Rita Santos; Ana Sequeira; Bárbara Sabino; Brienne Keller; Carolina Faria; Dalila Lourenço; Daniela Martins; Filipe Couto; Jéssica Cipriano; Joana Miranda; João Neto; Mafalda Nascimento; Mariana Marques; Mário Ferreira; Marta Ribeiro; Nelson Santos; Ricardina Matias;

Participação especial: Pedro Querido (3º ano do Curso de Teatro)
Direção Musical: Professor José Eduardo Rocha [C JER]
Direção Técnica: Daniel Coimbra (Curso de Teatro)

Alunos do 2º ano do curso de teatro apresentam trabalhos finais e surpreendem!|| 2nd year students of Theater present final works and surprise!

A peça de Karl Valentin, Cabaret Majestik, encenada pelo professor Diogo Dória foi apresentada no dia 22 de Junho.

Majestik Cabaret, a play by Karl Valentin, staged by Professor Diogo Dória, was presented on June 22.

Propondo o teatro obrigatório, falando das desventuras do pobre encadernador Wanninger para receber o seu soldo ou da pobre Isabel para conseguir resposta do namorado, o grande Karl Valentin escalpeliza a sociedade do seu tempo, zurze no capitalismo, descobre no humor e no texto curto e incisivo a melhor forma de chegar ao espectador.

Proposing mandatory theater, the play tells of the misfortunes of the poor bookbinder Wanninger to receive his wages or poor Isabel to receive an answer from her boyfriend. Karl Valentin analyses society of his time, beats down capitalism and finds a way to the viewer through humor and the short incisive text.

Brecht seguirá o seu exemplo. Em Cabaret Montekarl foram usados dez dos seus textos e um poema de José Miguel Silva

Brecht will follow his example. In Cabaret Montekarl ten of his texts were used and a poem by José Miguel Silva.

Uma excelente representação! Uma plateia fascinada!
An excellent presentation! An audience spellbound!

Cenas de Terror e Miséria do III Reich||Scenes of Terror and Misery of the Third Reich.

Cena de Terror e Miséria do III Reich, encenada pela professora Cristina Carvalhal foi adaptada do original do livro “Terror e Miséria no Terceiro Reich”. Obra escrita pelo dramaturgo e poeta alemão Bertolt Brecht.

The play staged by Professor Cristina Carvalhal was adapted from the original book “Terror and Misery in the Third Reich” written by german playwright and poet Bertolt Brecht.

Esta obra tem particularidade de ter sido escrita fazendo uso de recortes de jornal, notícias recebidas da resistência, rádio, ou qualquer outra fonte de informação que fosse levada para fora do domínio alemão.

This play has the particularity to have been written making use of newspaper clippings, news from the resistance, radio, or any other source of information that was taken out of the German dominion.

A obra retrata todo o sufoco que a sociedade viveu durante a 2ª grande guerra. As injustiças, os medos, as traições e os receios de uma época de puro terror.

The play portrays the distresses that the society lived during the 2nd world war, the injustices, betrayals and fears of an age of terror.

A obra foi apresentada pelos alunos do 2º ano do curso de teatro, tendo sido muito bem recebida pelo público presente, que lotou completamente a sala.

The work was presented by 2nd year students of Theater. The play was very well received by the audience, which filled the room completely.

Alunos do 2º ano do Curso de Teatro apresentaram ao público peça “O pecado de João Agonia” de Bernardo Santero||Students of 2nd year of Theater presented the play “John Agony’s sin” from Bernardo Santareno.

No dia 5 de Maio, na sala 17 do Ep2 da ESAD.CR, os alunos do 2º ano do Curso de Teatro apresentaram ao público peça ” O pecado de João Agonia” de Bernardo Santero. Este projecto teve a direção do Docente Luís Castro.

On May 5, in room 17 of the Ep2 at ESAD.CR, students of 2nd year of Theater presented the play “John Agony’s sin” from Bernardo Santareno. This project was directed by Professor Luís Castro.

Bernardo Santareno é considerado um dos maiores dramaturgos portugueses de sempre e o principal dramaturgo português do sec.XX.

Bernardo Santareno is considered one of the greatest Portuguese playwrights of all times and the main Portuguese playwright of the XX century.

O Pecado de João Agonia, peça fundamental da dramaturgia de Santareno, aborda o tema da homossexualidade e a repressão exercida sobre os homossexuais no Portugal dos anos sessenta do século passado.

John Agony’s sin, a fundamental play of Santareno, addresses the issue of homosexuality and repression of homosexuals in Portugal in the sixties.

[“O pecado de João Agonia” de Bernardo Santero. / “John Agony’s sin” from Bernardo Santareno.]

[“O pecado de João Agonia” de Bernardo Santero. / “John Agony’s sin” from Bernardo Santareno.]

“Festival Ofélia – Intercâmbio de Teatro na ESAD.CR”|| “Ophelia Festival – Exchange Theatre in ESAD.CR”.

O Festival Ofélia foi um desafio lançado pelos alunos do curso de Teatro da ESAD.CR, que se aliaram entre si e ao objectivo proposto para a concretização do primeiro festival de intercâmbio de teatro realizado por alunos da ESAD.CR, fora do âmbito curricular.

The Ofélia Festival was a challenge for students of Theater of ESAD.CR, who joined together to the proposed target for the achievement of the first festival of exchange of theater performed by students from ESAD.CR, outside of the curriculum.

O programa teve como palco a: ESAD.CR, o Teatro da Rainha e o Centro Cultural de Caldas da Rainha (CCC). O programa abrangeu uma diversidade de atividades diretamente ligadas à arte de representar, desde seminários, workshops e performances que permitiram aos participantes devanear pelo mundo do teatro.

The program had the stage: ESAD.CR, Teatro da Rainha and Cultural Centre of Caldas da Rainha (CCC). The program covered a variety of activities directly linked to the art of acting, from seminars, workshops and performances that allowed participants to wander through the world of theater.

Este ano o festival teve a honra de ter a presença de alunos da Universidade de Évora, o grupo Évora Shirê Obá. “A Festa do Rei” foi a peça escolhida para o palco da comunidade caldense, esta aclamou de pé o profissionalismo irredutível demonstrado.

This year the festival had the honor of having the presence of students at the Évora University, Évora Shire Oba group. “The Festivity of the King” was the piece chosen for its presentation in the stage of the Caldas community and it was calmed standing the uncompromising professionalism demonstrated.

As apresentações dos nossos alunos deixaram as plateias ao rubro. Assistiu-se a momentos memoráveis e dignificantes, representações de alto nível relevando o grande potencial do curso de teatro da ESAD.CR, assim como dos seus alunos.

The presentations of our students have left audiences alight. There have been memorable moments and dignified, high-level representations revealing the great potential of Theater course of ESAD.CR as well as their students.

Muito Obrigada ao grupo Pandã pela iniciativa! Esperamos pelo Ofélia II.
Thanks to the Panda group for the initiative! We will wait for Ofélia II.

Workshop “Do Lado de Lá da Câmara” || Workshop “On the Other Side of the Camera”

“Do Lado de Lá da Câmara” Com Rita Calçada Bastos. “On the Other Side of the Camera” With Rita Calçada Bastos.

O workshop “ Do lado Lá da Câmara”, realizado pela Rita Calçada Bastos, teve por objectivo a aproximação dos alunos ao universo da representação. A oportunidade de estar do lado de cá da câmara para melhor entender o papel dos artistas. É uma experiência que requer disponibilidade e boa disposição.

The course “From the Other Side of the Camera”, performed by Rita Calçada Bastos, was aimed to bring the students to the world of representation. The opportunity to be on the other side of the camera to better understand the role of the artists. It is an experience that requires willingness and good mood.

Foram trabalhados os seguintes temas: 1 – Improvisação: a partir do movimento, ter a noção do espaço, de partitura física. O corpo como princípio da criação. Desinibição como objectivo primeiro: a importância do ridículo;

2 – Memória Sensorial/Afectiva: através da experiência de vida de cada um convocar imaginários como base ao trabalho do actor: a importância da capacidade de exposição;

3 – Estudo e levantamento dos textos: leitura e levantamento de cenas: o aluno com a sua capacidade de improvisação e de exposição no plateau.

The following themes were worked:

1 –  Improvisation: from the movement, the concept of space, physical score. The body as principle of creation; disinhibition as a primary objective, the importance of ridicule;

2 – Memory Sensory/Affective: through the life experience of each call based on the fictional work of the actor: the importance of exposure capability;

3 – Study and collection of texts: reading and waiver of scenes: the student with his ability to improvise and exposure on the plateau.

Mestrado de Teatro. / Master of Theatre.

No passado dia 18 de Fevereiro de 2011, pelas 21.30h entrou em cena, mais um trabalho dos nossos alunos do mestrado de Teatro – “As chaves de casa estão debaixo do tapete”.

/ Last February 18, 2011, by 9.30 p.m. came on the scene one more a work of our students of the Master of Theatre – “The house keys are under the carpet”.

 

Uma auto-biografia tendo como ponto de partida dramatúrgico a hospitalidade e a relação com o outro, com os outros criadores e com o público, foram a base para a criação deste exercício.

An auto-biography, with the basis for the creation of this exercise being hospitality and the respect for each other, with other makers and the public.

 

Realizada no âmbito da disciplina de Projecto Teatral I, 1º ano Mestrado, com a coordenação da Docente Maria Gil.

Held under the discipline of Theatre Project I, 1st year of the Master’s degree, coordinated by teacher Maria Gil.

IV FESTIVAL DE TEATRO E ARTES PERFORMATIVAS – OFÉLIA A CAMINHO – ABRIL 2014

Após o sucesso da edição anterior do FESTIVAL DE TEATRO E ARTES PERFORMATIVAS – OFÉLIA, um grupo de alunos do 2º ano do curso de teatro da ESAD.CR composta por: Ana Rita Santos; Carolina Faria; Dalila Lourenço e Filipe Couto apresentaram uma proposta para a realização do IV FESTIVAL DE TEATRO E ARTES PERFORMATIVAS – OFÉLIA de 14 a 16 de abril de 2014.

Escola externas já confirmadas: ESMAE – POLITÉCNICO DO PORTO; UNIVERSIDADE DE ÉVORA E UNIVERSIDADE DO MINHO.

Estejam atentos o IV Festival promete!
eventos na esadcr

 

[Algumas imagens da edições anteriores.]
eventos na esadcr

[Algumas imagens da edições anteriores.]11_07_Teatro_Ofelia_Esad_CR_01

[Algumas imagens da edições anteriores.]eventos na esadcr

[Algumas imagens da edições anteriores.]eventos na esadcr

[Algumas imagens da edições anteriores.]