Molda 2016

MOLDA é uma bienal integrada no programa Caldas da Rainha Cidade Cerâmica que inclui exposições, conferências, workshops, edições, projectos de mapeamento, estudo e revitalização de estruturas de criação.

Caldas da Rainha Cidade Cerâmica é um programa que valoriza as múltiplas vertentes da actividade cerâmica numa cidade que a desenvolve desde a sua origem, há mais de cinco séculos.
Todos os domínios da cerâmica aqui foram e continuam a ser cultivados – da cerâmica utilitária à decorativa e artística, da cerâmica de construção ao revestimento e loiça de mesa, da olaria, à faiança, ao grés e à porcelana. Todas as tipologias de fabrico aqui foram e continuam a ser efectivados: da indústria à pequena produção artesanal e à peça de autor. Todas as modalidades de produção de conhecimento aqui foram e continuam a ser referenciadas: do ensaio através da experiência à investigação laboratorial, da formação em contexto profissional à escolaridade formal e dedicada. Todos as áreas da criatividade aqui foram e continuam a ser implicadas: das formas à técnica e tecnologia, das pastas aos vidrados, dos materiais à cozedura e ao design.
Este programa reconhece e projecta as Caldas da Rainha como um centro produtor particularmente qualificado para a fixação, difusão, experiência, aprendizagem da cerâmica, nos planos nacional e internacional. Pretende-se reforçar as dimensões cultural, económica, turística da cerâmica na cidade, na região e no panorama nacional do sector.
Numa primeira fase, entre 2015 e 2020, Caldas Cidade Cerâmica envolverá os actores locais e da região em acções de apresentação, criação e celebração da actividade cerâmica. Alternadamente, desenrolar-se-ão projectos de exposições, conferências e edições, nos anos pares, e projectos de mapeamento, estudo e revitalização de estruturas de criação, nos anos ímpares. Os primeiros, com início em 2016, configuram uma bienal designada MOLDA.
Os resultados desta iniciativa, de que é protagonista a Câmara Municipal das Caldas da Rainha, com um vasto conjunto de parcerias, permitirão que a cidade seja em 2020 candidata ao título de cidade criativa da Unesco.

MOLDA 2016 arranca com um ciclo de conferências sobre cerâmica, arte e design: história e tendências, a 25 de Maio, 1 e 8 de Junho.

[https://gallery.mailchimp.com/…/06ee7882-592d-450a-a849-8ff…]

Entrada livre (sujeita à lotação das salas)

Programa:

25 de Maio – 14h30 Auditório ESAD CR

Cerâmica, Inovação e Design

Pretende-se abordar o estado da arte da investigação em cerâmica nomeadamente nas áreas da engenharia e do design e conhecer as principais necessidades de inovação das empresas deste setor, tendo em vista reforçar eventuais redes entre instituições de ensino superior, centros tecnológicos e empresas nos domínios do desenvolvimento de projetos de investigação e de desenvolvimento tecnológico de interesse comum, com incremento de valor para o setor cerâmico nacional.
14h30 – Apresentação

14h45
“A importância da inovação e do design na competitividade na indústria cerâmica”
Carla Moreira
CEO da Arfai Ceramics Portugal e membro da Direção da NERLEI

15h15
“Prestação de serviço e transferência de conhecimento para o setor da cerâmica”
Maria Leopoldina Alves
CTC-OTIC – Centro de Transferência e Valorização de Conhecimento do Instituto Politécnico de Leiria

15h45 – Pausa para Café

16h00
“A experiência do CTCV na investigação e desenvolvimento aplicada na cerâmica”
Hélio Jorge
Responsável da área de Materiais Avançados e Design de Produto do CTCV – Centro Tecnológico de Cerâmica e Vidro

16h30
“Investigação em cerâmica”
Joaquim Manuel Vieira
Professor Catedrático do Departamento de Engenharia de Materiais e Cerâmicos da Universidade de Aveiro e Vice-Diretor do Laboratório Associado – CiICECO – Centro de Investigação de Cerâmicos e Compósitos

17h00 – Debate

Moderação:
José Manuel Frade
Professor Adjunto da ESAD CR

1 de Junho – 14h30 Pequeno Auditório CCC Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha

Cerâmica, Design e Sustentabilidade

O principal objectivo desta conferência é suscitar a reflexão sobre como as abordagens baseadas na ecologia aplicadas às práticas de design podem contribuir, definitivamente, para a concepção e desenvolvimento de produtos e serviços mais respeitadores do ambiente e, por conseguinte, tornar-se uma prática comum na elaboração de estratégias de desenvolvimento sustentável.
14h30 – Apresentação
“Sustentabilidade da Cerâmica e Competitividade Internacional”
EndFragment
José Luiz de Almeida

14h45
“A Industria Cerâmica – desafios e compromissos para um futuro Sustentável”
Silvia Machado
Departamento de Ambiente e Energia da APICER – Associação Portuguesa da Industria Cerâmica e da Cristalaria

15h30
“Economia Verde – conceitos e oportunidades para um design sustentável”
Sofia Santos
Secretária geral da BCSD Portugal – BUSINESS SOLUTIONS FOR A SUSTAINABLE WORLD

16h15 – Pausa para Café

16h30
“100% Sustainable Ceramics Design — Data and Emotion”
From Stylists to Sustainability Superheroes — How Designers will change the world, save nature and reveal truth Edwin Datschefski BIOTHINKING International – Consultancing & Training on Sustainable Design

17h30 – Debate

Moderação:
José Luiz de Almeida
Professor Adjunto convidado da ESAD CR e Especialista em Prospectiva Estratégica

Organização:
Fernando Carradas
Assistente do 2º Triénio da ESAD CR

8 de Junho – 14h30 Auditório ESAD CR

História da Faiança em Portugal:
novas abordagens

Resultados e pistas de investigação recentes no domínio da história da produção de faiança em Portugal, do século XVI ao XX.
14h30 – Apresentação

14h45
“Coimbra, centro produtor de faiança, séculos XVI-XIX”
Alexandre País
Conservador do Museu do Ajulejo, investigador de história da cerâmica.

15h15
“A faiança de inspiração naturalista caldense do século XIX”
Cristina Ramos Horta
Conservadora aposentada do Museu de Cerâmica, investigadora de história da cerâmica

15h45 – Pausa para Café

16h00
“A faiança do Juncal e de Alcobaça, dos séculos XVIII-XX”
Jorge Pereira de Sampaio
Técnico superior do Mosteiro de Alcobaça, investigador de história da cerâmica

16h30
“A cerâmica modernista em Portugal e nas Caldas”
Rita Gomes Ferrão
Investigadora de história de cerâmica contemporânea

17h00 – Debate

Moderação:
João B. Serra
Professor Coordenador da ESAD CR e investigador de história da cerâmica

[https://gallery.mailchimp.com/…/6b6f3584-c3c5-40a9-8de0-545…]
Workshop

Mission Impossible – Globe Protocol

Edwin Datschefski* (BioThinking International)
1 Junho 2016 – 10h00 – 12h00 ESAD CR

A Conferência de Edwin Datschefski será precedida por um Workshop na ESAD CR, no dia 1 de Junho, entre as 10h00 e as 12h00.
Através da análise a vários produtos em cerâmica, os participantes vão conhecer o ciclo de vida dos produtos a partir do seu contexto global de criação e produção de forma a que se possa tentar atingir produtos 100% sustentáveis.

Inscrições: molda@molda.org.pt<mailto:molda@molda.org.pt>
Nº máximo de particiantes: 30
A participação no workshop é gratuita, sujeita a inscrição.

*Edwin Datchefski é o autor do livro The Total Beauty of Sustainable Products. Investigador especializado no desenvolvimento e promoção de conceitos de design para produtos sustentáveis, alerta todos os envolvidos no processo de design para a urgência de repensar os produtos, no sentido de os tornar 100% sustentáveis.
Mais informações em: www.biothinking.com<http://www.biothinking.com/>

b41fdd72-0ff5-41b6-84ab-0c4d88730ece

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s