PAR “A Casa”.||PAR “The House.”

 

Realizou-se no passado dia 28 de Abril, no Auditório do EP1 da ESAD.CR, a sexta edição do dia dedicado a palestras que o PAR (Pensar a Representação) organiza no 2º semestre de cada ano lectivo.

Este ano, o dia foi dedicado a um único tema “A Casa”. Oito docentes da ESAD.CR, com trabalhos de investigação na área da representação e com resultados para apresentar sobre o tema, asseguraram um dia muito preenchido e variado.

Is was held on 28 April in the Auditorium of the EP1 of ESAD.CR the sixth edition of the lectures that PAR (Think Representation) organizes on the 2nd semester of each academic year.

This year the day was devoted to a single theme “The Home.” Eight teachers from ESAD.CR, with research in the area of representation and with results on the subject to present, assured one very full and varied day.

Nelson Guerreiro, Joana Craveiro e Maria Gil foram a face visível dos que aliam reflexão teórica a uma prática consistente em teatro e performance.

Nelson Guerreiro, Joana Craveiro and Maria Gil were the visible face of those who combine the theoretical and the practical approach to theater and performance.

Carolina Rito, Luísa Soares de Oliveira e António Delgado, recorrendo a suporte visual para as suas comunicações, apresentaram projectos, obras e estilos arquitectónicos de artistas plásticos nacionais e estrangeiros.

Carolina Rito, Luísa Soares de Oliveira and António Delgado, using visual support for their communications, presented projects, construction and architectural styles of local and foreign artists.

Filipe de Almeida Santos comentou os mecanismos de representação de casas em alguns filmes emblemáticos, e apresentou o trabalho dos seus alunos em “Teorias e História do Espaço II”com uma exposição de 20 maquetas de casas-modelo.

Filipe de Almeida Santos commented the representation mechanisms for homes in some iconic films, and presented the work of his students in “Theories and History of Space II”, an exhibition of 20 models of model homes.

Fernando Poeiras, num texto polémico em torno do modo como a humidade e o ”visco” se instalam nas relações humanas e institucionais, fechou a sessão com uma nota crítica e a demonstração de que todas as casas têm telhados de vidro.

As oito comunicações vão ser publicadas nos Cadernos PAR nº 6 e ficarão disponíveis online brevemente.

Fernando Poeiras, in a controversial text about how the humidity and the “slime” settle into human and institutional relationships, closed the session with a critical note and the demonstration that all houses have roofs made of glass.

The eight papers will be published in Cadernos PAR n. 6 and will soon be available online.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s