Nariz – Instalação. / Nose – Installation.

Nariz, nariz, nariz, …Posto entre o Sol e a Terra, Faria eclipse total! Já o nosso poeta Bocage se referia a ele como um elemento de múltiplas sensações. E qual a surpresa quando, ao passar por um dos corredores da escola, os nossos fotógrafos encaram com um colossal nariz colocado na parede. Ao aproximarem-se cautelosamente sentiram sensações a emergir por todo o corpo e do nada metamorfosearam-se numa onda de sons e aromas que os permitiu viajarem intrinsecamente por destinos esquecidos da sua memória. Que viagem… Que Nariz… Quem é autor de tal encanto!

O nariz, é uma instalação concebida para uma sala de espera de uma clínica, mas que poderia ser colocada em qualquer espaço público.

O objectivo desta instalação é convidar todos aqueles que passem perto dela, a fazer uma viagem pelos complexos labirintos da memória através da uma relação e subversão dos sentidos. O nariz passa de receptor a emissor, libertando aromas e sons, que combinados nos transportam a um lugar, a um momento, a uma imagem, a um sentimento…

Forma e propriedades do objecto: Escultura com a forma de um nariz humano, suporte de madeira com armação em arame, revestimento em espuma de enchimento, acabamento em pasta de papel e betume.

Autores: Ana Salomé, André Pires, Edgar Santos, Iara Martins, Marco Heleno.
Trabalho realizado no âmbito da disciplina de Oficina de Projecto, do 3º ano do curso de Design Gráfico e Multimédia.

/ Nose, nose, nose … Put it between the Sun and Earth and there’ll be a total eclipse! Our poet Bocage referred to it as an element of multiple sensations. And, what a surprise when, while passing through a corridor of the school, our photographers come face to face with a huge nose placed on the wall. As they approached cautiously they felt sensations emerge throughout the body. Out of nowhere the sensations metamorphosed into a wave of sounds and smells that allowed them to travel in their memories through destinations long forgotten. What a trip. … What a nose. … Who is the author of such charm?

The nose is an installation designed for a clinic’s waiting room, but it could be placed in any public space.

The aim of this installation is to invite all who pass near it to take a journey through the complex labyrinth of memory, through a relation and a subversion of the senses. The nose changes from receiver to transmitter, releasing aromas and sounds that combined transport us to a place, a moment, an image, a feeling…

Shape and properties of the object: Sculpture in the shape of a human nose, wooden frame with wire, foam coating, finishing in pulp and bitumen.

Authors: Ana Salomé, André Pires, Edgar Santos, Iara Martins, Marco Heleno.
Work conceived in the discipline of Project Workshop, 3rd year of Graphic Design and Multimedia.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s